Imprimir

Prova final: professores avaliam a gestão de prefeitos e do governo Déda

Ligado . Publicado em Prova Final

Prova final avalia educação desde 2004Prova final avalia educação desde 2004Na próxima sexta-feira, 28/12, a partir das 8 horas, no Calçadão da João Pessoa com Rua Geru, o SINTESE estará divulgando o resultado da Prova Final da política educacional de 2012. O ato, que acontece desde 2004, tem por objetivo avaliar o nível da educação das redes estadual e municipais – exceto Aracaju –, com o voto direito dos professores.

Para a presidenta da SINTESE, professora Angela Melo, o ato da Prova Final da Educação Pública é um momento importante para o sindicato e para os educadores, por se um momento de interagir com a população, fazendo um balanço das lutas da categoria, e também de avaliar as administrações municipais e estadual quanto às suas políticas educacionais e de valorização do magistério público.

"É preciso permanentemente estar fazendo essa avaliação, não só das administrações, mas também das nossas lutas e de relembrar os fatos políticos e sociais que marcaram o período de 2012. Vai ser um momento de diálogo com a população e isso é fundamental para nós, poder dialogar com a sociedade sobre nossas ações e sobre a política educacional que temos e a que queremos para os filhos e filhas dos trabalhadores", explica Angela Melo.

Na ocasião, o sindicato estará promovendo ações lúdicas no sentido de mostrar o atual descaso com a educação pública. Para isso, uma grande arapuca será montada no local para chamara a atenção das pessoas para as "armadilhas" lançadas pelos gestores que ameaçam e prejudicam o desenvolvimento da educação pública de qualidade.

Até o dia 19 de dezembro, 173 urnas percorreram escolas dos 75 municípios, os prédios das secretarias municipais e estadual e também as sub-sedes (Lagarto, Neópolis, Itabaiana, Estância, Nossa Senhora da Glória).

Sobre a prova

A Prova Final busca avaliar o nível da educação das redes estadual e municipais através de um questionário que aborda as variáveis presentes no processo de ensino e aprendizado, sob temas como: Valorização profissional; Gestão Democrática; Garantia de Direitos do Plano de Carreira e Estatuto; Condições de Trabalho; Política Educacional e Qualidade Social do ensino são debatidos e avaliados pelo magistério sergipano.

Desde 2004 os professores das redes estadual e municipais utilizam os momentos finais do ano corrente para apresentar para a sociedade os resultados da "Prova Final da Educação Pública", que avalia a política educacional dos governos estadual e municipais na gestão da educação pública.

Nos últimos oito anos mais de 24 mil votos de filiados já foram computados durante o processo de avaliação da Prova Final da Educação Pública. Com isso o evento acaba se tornando o momento para se colher um retrato fiel sobre como anda a gestão dos recursos destinados para a educação, a garantia dos direitos do magistério e a qualidade social do ensino na gestão das redes públicas de ensino de Sergipe.